• Notícias
  • Conceição e o Porto que ainda sente falta de Díaz: «Faltou ataque ao espaço»

Conceição e o Porto que ainda sente falta de Díaz: «Faltou ataque ao espaço»

4 meses ago
98

Sérgio Conceição surgiu na flash após a vitória em Arouca por 2-0 e abordou as incidências do encontro. Para além disso, o técnico comentou a entrada dos novos reforços, o regresso de Pepe e deixou informações sobre a lesão de Diogo Costa.

O que foi necessário corrigir

«Senti, na primeira parte, alguma falta de ataque ao espaço, algo em que o Luis é muito forte. Temos outros jogadores, é preciso perceber as características dos que ficaram, nomeadamente o Pepe. É um jogador que gosta mais de ir para zonas interiores e não tanto, apesar de ser rápido, explorar a profundidade. O Galeno também é capaz de o fazer. Ele entrou porque faltava diversidade no jogo ofensivo. Treinámos algumas situações dependendo do melhor onze para enfrentar os adversários e com base no que somos como equipa.»

Recorde de vitórias consecutivas

«É sempre difícil jogar aqui, num relvado que não é fácil de jogar, contra uma equipa bem organizada, agressiva, com muita intensidade no jogo. Houve pouca espetacularidade, poucos lanços no último terço. Tivemos um golo anulado por 5 centímetros, uma outra situação na primeira parte, não criámos mais pela qualidade defensiva do Arouca do que por demérito nosso. Na segunda parte, entrámos fortes, conseguimos marcar, situações para poder definir doutra forma. Podíamos ter ampliado a vantagem, mas seria exagerado e injusto para que o Arouca fez em campo.»

Sem sofrer golos seis jogos depois

«Deve-se a trabalho coletivo. Não sofrer tem que ver com a boa organização em todos os setores. A solidez defensiva é essencial para ganhar jogos. Hoje estivemos bem. Não sendo um treinador conservador, não gosto de sofrer golos porque fica mais difícil ganhar.»

Estreias de Eustáquio e Galeno

«Têm ainda alguma coisa a sofrer para chegarem ao ponto que queremos. Disse isso na antevisão ao jogo. É preciso treino e tempo para se associarem da melhor forma com os colegas. A qualidade está lá. Se vieram para ajudar, é porque achei que têm potencial para isso.»

Informações sobre Diogo Costa

«Foi fazer exames ao hospital. Não sabemos pormenores. Era impeditivo para ficar em campo.»

Jogo com o Sporting é decisivo?

«Seria decisivo se fosse o último. Decisivos são todos os jogos, no sentido da importância. Podemos aumentar a vantagem para o Sporting, se vencermos, mas era importante estar focados no Arouca. Já estamos a pensar no jogo com o Sporting. Batalha após batalha para festejar o título no final.»

SIGA-NOS

Nas redes sociais

Notícias relacionadas

em destaque

Marche quer jogar mais, mas garante querer «o melhor para o clube»

Titular durante toda a competição, Marchesín consagrou-se também como vencedor da Dobradinha e estava naturalmente feliz no final do encontro. No entanto, o guarda-redes argentino...

2

Mbemba: «Seja qual for o meu futuro serei sempre portista»

3

Jornalista francês afirma: Diretor do PSG reuniu-se com Conceição

4

Namaso aborda o futuro: «Vamos ver o que acontece»