• Notícias
  • «Hugo Miguel tem tido azar connosco», atira Conceição

«Hugo Miguel tem tido azar connosco», atira Conceição

4 semanas ago
30

Arbitragem de Hugo Miguel

«Sinceramente fica-me difícil encontrar palavras. No ano passado, a quatro jornadas do fim, tivemos o mesmo árbitro que teve muita dificuldade no jogo. Hoje era um jogo grande, que podia decidir um título e metem um árbitro que não tem qualidade para apitar jogos com alguma pressão. Tem tido azar connosco, tem errado sempre contra nós. E contra isso não podemos fazer nada».

Análise do jogo

«Normal, não controlamos a estratégia do adversário. Sabíamos o comportamento padrão e as características do jogadores, a estratégia não podemos controlar, temos é de arranjar forma de tornear as situações para ganharmos. Criámos ocasiões suficientes para ganhar, já o empate sentia que era curto. Na primeira parte houve duas situações do Braga, mas acho que chegámos sempre com perigo. Na primeira parte faltou-nos um bocadinho de variabilidade no último terço, mais ritmo e velocidade. Mesmo com pouco espaço devíamos aproveitar fragilidades defensivas do Braga e não conseguimos. Na segunda parte, há o golo do Braga, temos antes uma situação, depois criámos e podíamos ter concluído. Não fomos eficazes e sofremos esta derrota. Os jogadores sabem o que não fizemos e o que não nos deixaram fazer. O resultado é este. Estamos aqui, a lutar, temos três finais pela frente».

Contas do título

«Não há festas antecipadas e isto tem de mexer. Não estamos habituados a perder. Não há que levantar a cabeça. Há que baixá-la e pensar naquilo que se fez ou não se fez. É o meu sentimento e tem de ser o sentimento dos jogadores. Isto ainda não acabou e temos três finais pela frente. Como sabemos, nestas fases finais de campeonato há sempre uma ou outra situação armadilhada e fica difícil controlar. Isso não controlamos e temos de ser mais fortes para que possamos estar acima disso também. Há uma propaganda grande quanto a alguns comportamentos do FC Porto. Quando não há qualidade e personalidade deixa-se ir um bocadinho atrás disso».

SIGA-NOS

Nas redes sociais

Notícias relacionadas

em destaque

Marche quer jogar mais, mas garante querer «o melhor para o clube»

Titular durante toda a competição, Marchesín consagrou-se também como vencedor da Dobradinha e estava naturalmente feliz no final do encontro. No entanto, o guarda-redes argentino...

2

Mbemba: «Seja qual for o meu futuro serei sempre portista»

3

Jornalista francês afirma: Diretor do PSG reuniu-se com Conceição

4

Namaso aborda o futuro: «Vamos ver o que acontece»