Mbemba, Corona e um FPF para encerrar

1 mês ago
253

Aproxima-se a passo acelerado o final do período contabilístico de mais uma temporada para a SAD do FC Porto e, com isso, dias decisivos avizinham-se. Existem ainda vários dossiers que se encontram por encerrar e que serão decisivos para o fechar das contas em verde para o FC Porto, que lhe irão permitir encerrar definitivamente o capítulo do Fair-Play Financeiro.

Apesar de Fernando Gomes, CFO da SAD azul e branca, já ter garantido a saída da vigilância da UEFA, tal não corresponde ainda à verdade, sabe o Mercado Azul. O clube precisa de realizar mais alguns encaixes no final deste período para assegurar um novo e folgado ataque para este mercado de verão que agora arranca.

Nesse sentido, um dos dossiers mais importantes é a conclusão da negociação de Vitinha. O FC Porto afirma que a opção de compra de 20 milhões de euros do Wolverhampton foi automaticamente ativada após manutenção do clube inglês na Premier League, mas os media ingleses mais próximos afirmam que o mesmo nega tal consequência e o clube não incluiu Vitinha no plantel já confirmado para a próxima temporada.

Outra pasta importante na mesa da SAD é, neste momento, o futuro de Sérgio Oliveira. O médio português que se encontra na Seleção Nacional no Euro 2020 esteve com pé e meio na Fiorentina até o negócio cair com a saída do técnico Gattuso. O médio é dos jogadores mais valorizados do plantel portista e pode gerar um encaixe significativo, sendo que a Juventus é neste momento um clube a perfilar-se como forte interessado no atleta.

Com a situação atual, é difícil dizer à SAD do FC Porto que hajam ativos realmente inegociáveis. Na entrada dos respetivos finais de contrato, Chancel Mbemba e Jesus Corona são ativos muito cobiçados do plantel e, ainda que dificilmente gerem uma mais-valia tão significativa, podem representar uma última oportunidade de conseguir um grande encaixe antes da expiração contratual. Ativos da formação, como Diogo Leite e Diogo Costa, também poderão ser outro tipo de solução na gestão dos recursos da SAD do Futebol Clube do Porto.

1 thought on “Mbemba, Corona e um FPF para encerrar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

SIGA-NOS

Nas redes sociais

Notícias relacionadas

em destaque

Começa a moldar-se o dossier Tomás Esteves

Fora do estágio no Algarve da equipa portista devido a problemas físicos, a saída de Tomas Esteves para o Minho começa a ganhar forma. Após...

2

Arsenal atento a Corona

3

Porto tem acordo por promessa brasileira encaminhado

4

Rodrigo Conceição ruma a Moreira de Cónegos