• Notícias
  • Sérgio Conceição comenta reforços: «Trabalhar os três para que sejam verdadeiramente reforços»

Sérgio Conceição comenta reforços: «Trabalhar os três para que sejam verdadeiramente reforços»

4 meses ago
102

O FC Porto enfrenta neste domingo pelas 18 horas o Arouca e o seu técnico, Sérgio Conceição, efetuou hoje no Olival a conferência de imprensa de antevisão. O treinador português abordou a equipa adversária e, também, as últimas movimentações dos portistas no mercado de inverno.

Proximo mês será decisivo?

«À medida que caminhamos para o final do campeonato, os jogos têm, claramente, o seu peso. Mas se formos cem por cento vitoriosos em todas as frentes durante o mês de fevereiro com certeza não vamos ganhar nada. E se pararmos por aí não ganhamos nada. O mês de fevereiro é importante, mas não decisivo. Se formos cem por cento vitoriosos, vamos conservar o nosso lugar na Liga, na Taça de Portugal e na Liga Europa, com desafios a eliminar. Queremos estar em todas as frentes. É um mês importante, como serão março, abril e por aí fora, até maio.»

Queixas sobre a falta de planeamento

«Tem a ver com a saída de três jogadores. Entraram jogadores também. Em termos de quantidade, saíram mais do que aqueles que entraram. Em termos de qualidade, neste momento, é inequívoco. O Luis Díaz estava a ser uma peça super importante. O Sérgio Oliveira contribuía com grande peso no balneário e o Corona, mesmo sabendo que não estava tão bem este ano, dava-nos algo no balneário e na abordagem aos jogos. Fazem parte do passado. Bola para a frente, mas com critério. Vamos trabalhar os três reforços para que sejam verdadeiramente reforços. Queremos estar fortes.»

Sucesso nas vendas durante o seu período

«O meu trabalho é feito para que a equipa ganhe títulos e entre na Liga dos Campeões, além de potenciar jogadores. Necessitamos, como qualquer clube, de vender. Esses valores fazem parte do que é o meu trabalho.»

Condição física dos reforços

«Já falámos dele [do mercado], não vale a pena continuarmos a falar do mesmo. Esses jogadores, não só no FC Porto, mas em todo o lado, têm o seu período de adaptação. O Rúben [Semedo] vem com alguns quilos a mais, vai ter alguma dificuldade nesta fase inicial. Eustáquio fez um treino e o Galeno que não vem a 100 por cento também fez um treino. São reforços, vão ter o seu período de adaptação, mas estamos cá para trabalhar e conseguir ao máximo o melhor deles»

SIGA-NOS

Nas redes sociais

Notícias relacionadas

em destaque

Marche quer jogar mais, mas garante querer «o melhor para o clube»

Titular durante toda a competição, Marchesín consagrou-se também como vencedor da Dobradinha e estava naturalmente feliz no final do encontro. No entanto, o guarda-redes argentino...

2

Mbemba: «Seja qual for o meu futuro serei sempre portista»

3

Jornalista francês afirma: Diretor do PSG reuniu-se com Conceição

4

Namaso aborda o futuro: «Vamos ver o que acontece»