• Notícias
  • Sérgio Conceição: «É uma vitória merecida da minha equipa»

Sérgio Conceição: «É uma vitória merecida da minha equipa»

3 meses ago
76

O FC Porto escapou numa deslocação muito complicada a Moreira de Cónegos com um golo solitário de Evanilson. Sérgio Conceição analisou o jogo, as incidências da arbitragem e perspectiva a importância do triunfo no campeonato.

Análise ao jogo

«Se analisarmos os últimos 10 minutos, posso pensar que sim [que houve perda de intensidade do FC Porto], tendo em conta o desespero do Moreirense em tentar marcar. Olhando para o jogo, não posso concordar porque fizemos um jogo sem dar a mínima hipótese à tentativa de transição do adversário, e também do jogo direto. Estávamos precavidos para isso. No fundo, o Moreirense, o que nos criou, foi nos últimos 10 minutos. Nos últimos da primeira parte, após o nosso golo, é verdade que conseguiram chegar mais perto do nosso ultimo terço defensivo, mas sem criar grandes oportunidades. Obviamente, estávamos preparados para tudo o que são faltas e lançamentos. São uma equipa alta. O Moreirense foi uma equipa competitiva à imagem do treinador. Na 2ª parte, aos 29’ ou 30’, houve o primeiro remate do Moreirense e o Taremi poderia ter matado o jogo»

Comentário à arbitragem

«Depois da expulsão, umas vezes dá-se amarelo por nada e outras não. Não estou a criticar o trabalho do arbitro porque estes jogos são competitivos. O jogo descaracterizou-se. O Moreirense arriscou tudo e tentou o futebol direto. Por isso é que é difícil jogar aqui. É uma vitoria merecida da minha equipa. Houve momentos muito bons, que me agradaram, melhores até do que no jogo europeu».

Expulsão de Grujic

«O primeiro amarelo não é amarelo, não há perigo nenhum. Aceita-se o 2º amarelo e não há nada a dizer. Tivemos de reajustar a equipa. Entretanto foi expulso um jogador do Moreirense e voltámos a reajustar. Metemos o Toni Martínez e o Conceição.».

Futuro do campeonato

«Temos de trilhar o nosso caminho, dependemos só de nós, isso é uma vantagem, percebendo que quem vem atrás perde poucos pontos também. São rivais e há gente que não gosta que lhes chame rivais. São o Sporting e o Benfica, não tenho problema nenhum em o dizer. São equipas que vêm atrás apesar de o Benfica estar mais distante neste momento, pela última jornada, com o empate no Bessa. O importante é focarmo-nos naquilo que temos a fazer. É o principal pensamento e o nosso trabalho diário tem a ver com isso.»

SIGA-NOS

Nas redes sociais

Notícias relacionadas

em destaque

Marche quer jogar mais, mas garante querer «o melhor para o clube»

Titular durante toda a competição, Marchesín consagrou-se também como vencedor da Dobradinha e estava naturalmente feliz no final do encontro. No entanto, o guarda-redes argentino...

2

Mbemba: «Seja qual for o meu futuro serei sempre portista»

3

Jornalista francês afirma: Diretor do PSG reuniu-se com Conceição

4

Namaso aborda o futuro: «Vamos ver o que acontece»